SOLANO BRUM,O PÁSSARO  CANTOR
AMOR PERFEITO
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Áudios

ENTREGAS / SONETO DE SOLANO BRUM
Data: 01/11/2019
Créditos:
ENTREGAS // SONETO


AUTORIA E DECLAMAÇÃO // SOLANO BRUM



FUNDO MUSICAL// LUZES DA RIBALTA / CHARLIE CHAPLIN

                             

                        ENTREGAS
                                                Solano Brum

Você chegou, como sol de uma manhã fria...
“- Primavera dos meus setenta e oitos anos!”
Chegou, com seu cantar de sabiá ou cotovia,
Como bálsamo para as dores e desenganos!

Mas, como vento forte, revirou meus planos
E exigiu a parte a qual não lhe pertencia!
-Peleja interior em todos os seres humanos:
Só Deus é verdade; tudo é fugaz e fantasia!         (Ecl 12 v 8)

- Do que valeu? Qual’a vitória da investida?                
E entre a cruz e uma espada de dois gumes,
Minh’alma se viu presa sem encontrar saída!

- Queria tanto te amar... Ah! Como queria!
Entre risos, prantos, orações e queixumes,
A uma entrego o coração, a outra, a Poesia!
                = = = = = = = =


                                                          INTERAÇÕES


 TROVINHAS  TRISTES // ESTHER LESSA

   HÁ  UMA  VERDADE  QUE  CONSOME
 E É DENTRO DE UM TEMPO DISPERSO...
   NO CORAÇÃO A DOR NÃO SOME
  E  DA  POESIA  SE TORNA   O VERSO !

    MAS  HÁ  UMA  TARDE  INDIFERENTE...
       E  QUE  ESVOAÇA  SEM  SABER ...
TUDO  TUDO  ENFIM QUE A ALMA SENTE...
   E  QUE É SOFRER...SOFRER...SOFRER !

  SE  NESTE  AMOR  ESTÁ  A  VERDADE...
      CINGIDA  SOU  PELA  POESIA...
   SUFOCAREI  TODA  A  SAUDADE !
 E  HEI  DE  ESQUECER  TUA  MAGIA!
*******************************************************
Enviado por Solano Brum em 31/10/2019



Comentários